A História do Rio Tâmisa (River Thames) e um pouco mais

0
3233

O rio Tamisa (em inglês: River Thames) é um rio em  curso de água do sul da Inglaterra que banha Oxford e Londres e desagua no mar do Norte. Nasce perto da aldeia de Kemble, na região de Cotswolds, e atravessa Oxford, Wallingford, Reading, Henley-on-Thames, Marlow, Maidenhead, Eton, Windsor e Londres. Com 346 km de extensão, é o maior rio inteiramente no solo inglês e o segundo maior de todo o território do Reino Unido.

Ele é considerado o principal rio da Inglaterra desde a época dos romanos antigos. E ele até mesmo envolve a área onde está o Parlamento. Sendo um grande marco. 

O rio Tâmisa carrega a essência de Londres. Uma curiosidade é que ele já foi conhecido pelo mau cheiro, mas tem uma linda história de recuperação completa, provando que a despoluição é possível, basta apenas compreender o empenho das pessoas ao seu redor e dar entidades responsáveis.

Isso ocorreu por volta de 1858, quando por ser tão poluído, que sessões do Parlamento às vezes tinham que ser suspensas devido ao mau cheiro. Foi preciso muitos anos para recuperar o rio.

Em 1957, o Museu de História Natural de Londres declarou que o rio estava biologicamente morto. Construíram-se estações de tratamento do esgoto nas cidades que antes jogavam seus dejetos diretamente nas águas do Tâmisa. 

Foi apenas a partir da segunda metade da década de 60, com a melhora do saneamento básico na capital, que o rio voltou a respirar. Hoje, mais de cem espécies de peixes podem ser encontradas por ali. 

E os peixes voltaram. O Tâmisa atualmente tem 125 espécies, depois de quase nenhuma nos anos 50. “Se a água circula e fica limpa, você vê os animais voltarem”, afirma Chris Coode, diretor da Thames21, ONG dedicada à melhoria da qualidade dos rios de Londres.

Inspirador, não? 

Mas ainda assim enfrenta seus desafios, pois ainda assim enfrenta problemas como a poluição por plástico. 

É necessário conscientização coletiva para a preservação do rio, onde pedestres, turistas e moradores podem fazer sua parte para não apenas apreciar sua beleza mas também cuidá-lo de perto como parte de seu patrimônio e ecossistema.

Há uma parte turística introduzida às suas margens:

Há um belo cruzeiro que pode ser feito para conhecer os arredores do rio e ver a cidade de Londres. 

Com opções de passeios de uma hora, bilhete de 24 horas, cruzeiro de 2 horas no fim do dia para apreciar o pôr-do-sol acompanhados de espumante, vinhos e coquetel, passeio noturno e muitas opções de passeio.

No site de turismo Get Your Guide é possível encontrar os bilhetes para a compra do passeio.

É Cenário de filme, séries e de lugares que expressam a cidade de Londres em sua essencialidade:

Lugares que representam a cidade de Londres e que são pontos de encontro, reflexão aos sonhadores, inspiração e amor são Tower Bridge, London Bridge, Ponte de Westminster e London Eye. 

O que liga todos estes lugares históricos e inesquecíveis é o rio Tâmisa. 

Além do Aquário de Londres, o HMS Belfast, e o já falado anteriormente o importante Parlamento Britânico.

Foi cenário e continua sendo cenário de belas produções cinematográficas que amamos como: 

​​Shakespeare Apaixonado de 1998, Sherlock Holmes de 2009, Closer: Perto demais 2004, Match Point de 2005, Cats de 2019, O Último Adeus de 2001, Prazeres Londrinos de 2001, Elizabeth de 1998, entre tantas outras produções.

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Preencha seu nome aqui