O Idioma Esquecido: antes do Inglês e após; Idioma Córnico

0
782

O Idioma Esquecido: antes do Inglês e após; Idioma Córnico

Quase ninguém sabia, mas há um idioma que veio antes do inglês e que ainda é falado em algumas regiões do Reino Unido, mas especificamente na Inglaterra, que é o  Córnico.

Também conhecido como: Córnico Kernewek, Kernowek, Curnoack. Foi considerada extinta como língua falada desde 1777, ressuscitada em 1904 e atualmente conta com cerca de 2000 falantes.

O galês que também é chamado de câmbrico e címbrico por seus próprios falantes é o dialeto da região de Gales e uma das mais conhecidas variantes da língua Celta. Divide-se em velho, médio e moderno galês. 

O Cornish é uma língua que fica hoje situada e conhecida principalmente na parte britânica do sudoeste e é da família das línguas celtas . É uma língua revivida , tendo se tornado extinta como primeira língua na Cornualha em 1777. 

 Um avivamento começou no início do século 20. O idioma é frequentemente descrito como uma parte importante da identidade, cultura e herança da Cornualha. Cornish é atualmente reconhecido pela Carta Europeia para Línguas Regionais ou Minoritárias. 

Tem um número crescente de falantes como sua segunda língua. Um número muito pequeno de famílias agora criam filhos falando ainda Cornish em sua versão original tradicional conhecida como primeira versão.

Juntamente com o galês e o bretão, o córnico descende diretamente do idioma britânico comum, falado em grande parte da Grã-Bretanha antes que o inglês viesse a dominar. Foi a língua principal da Cornualha durante séculos, até que foi direcionada para o oeste pelo inglês, mantendo laços estreitos com sua irmã, o bretão.

O Cornish continuou a funcionar como uma língua comum da comunidade em partes da Cornualha (Cornwall)  até meados do século XVIII. Há alguma evidência de conhecimento da língua persistindo no século 19, possivelmente quase se sobrepondo ao início dos esforços de avivamento.

Um processo para reviver a língua foi iniciado no início do século 20, com uma série de sistemas ortográficos ainda em uso, embora tenha sido feita uma tentativa de impor uma forma escrita padrão em 2008. Em 2010, a UNESCO anunciou que sua antiga classificação da língua como “extinto” não era mais preciso”. Desde o renascimento da língua, alguns livros e obras literárias da Cornualha foram publicados, e um número crescente de pessoas está estudando a língua. Desenvolvimentos recentes incluem música da Cornualha , filmes independentes e livros infantis.

A língua é ensinada nas escolas. 

A primeira creche em língua córnea foi inaugurada em 2010.

Em 1904, o estudioso da língua celta e ativista cultural da Cornualha Henry Jenner publicou Um Manual da Língua da Cornualha . A publicação deste livro é frequentemente considerada o ponto em que o movimento de avivamento começou. 

O Atlas de Línguas Mundiais da UNESCO classifica Cornish como “criticamente ameaçado de extinção”. 

Em 2021, o Cornwall Council proibiu que uma cerimônia de casamento fosse realizada em Cornish, pois o Marriage Act 1949 permitia apenas cerimônias de casamento em inglês ou galês.

Embora as estimativas do número de falantes do córnico variem, estima-se que os falantes do córnico hoje estejam em torno de dois mil. Atualmente, o Cornish é falado por seus falantes em casa, fora de casa, no local de trabalho e em cerimônias rituais. Cornish também está sendo usado nas artes. Revived Cornish é construído em Cornish histórico, para que a linguagem Cornish se desenvolva.

 Uma bela amostra do idioma para vocês leitores do nosso blog da Enjoy Londres é a da carta Declaração Universal dos Direitos Humanos:

Genys Frank ha par é só um dedo – Todos os seres humanos nascem livres e

aga dynita hag em aga wiryow – iguais em dignidade e direitos. Eles são

Enduys ins gans ressonam ha kowses – dotados de razão e consciência

hag y tal dhedha omdhon an Eyl Orth – e devem agir em relação uns aos outrosy gila em spyrys a vrederedh. – em um espírito de fraternidade.

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Preencha seu nome aqui