London Victoria Station: Muito mais que uma Estação Ferroviária

0
2390

A Victoria Station London é a segunda estação ferroviária mais movimentada da capital depois da Waterloo Station, atendendo cerca de 1,5 milhão de pessoas por semana.

Muito bem localizada, fica ao sul do Palácio de Buckingham.

O complexo da estação fica em Victoria, na cidade de Westminster, imediatamente ao sul do London Inner Ring Road. Ele está localizado ao sul da Victoria Street, a leste da Buckingham Palace Road e a oeste da Vauxhall Bridge Road. Várias ferrovias diferentes levam à linha da estação por meio da Grosvenor Bridge do sudoeste, sul e sudeste. Sendo situada na na Zona 1 de Londres.

Ligação com Gatwick

É um importante centro de transporte para o visitante de Londres que voa para Gatwick, pois é o terminal central de Londres dos serviços de trem Gatwick Express e Gatwick Southern.

Os trens Gatwick Express e Southern oferecem a transferência mais confortável e rápida para Londres a partir de Gatwick – sendo mais rápido do que pegar um táxi, por exemplo. E estão integrados a estação de Victoria.

Mais de Victoria Station

Os serviços ferroviários atendem o sudeste e o sul da Inglaterra, com destinos como Ashford International, Brighton, Dover e Southampton. Os trens são operados pela Southern e Southeastern Trains.

Mais de 74 milhões de passageiros usam London Victoria a cada ano.

A Estação de Metro Victoria está nas linhas District, Circle e Victoria da rede de metro.

Horário de funcionamento da estação:

Segunda a Domingo: 04:00 – 00:45

Atenção: às sextas e sábados são 3 trens noturnos às 01:10, 02:10 e 03:10. A estação abre 15 minutos antes da partida de cada trem. Assim que o trem sai da estação, fecha novamente.

Este é um mapa da estação que você pode baixar para te auxiliar na sua viagem: https://www.networkrail.co.uk/wp-content/uploads/2021/08/Victoria-Map.pdf

A Estação Rodoviária Victoria fica a cerca de 300 metros a sudoeste das estações ferroviárias. É o principal terminal rodoviário de Londres e serve todas as partes do Reino Unido e da Europa continental.

Linhas de ônibus de Londres 2, 11, 13, 16, 24, 36, 38, 44, 52, 148, 170, 185, 211, 390, 507, C1, C10 e rotas noturnas N2, N11, N16, N38, N44 e N136 servir a estação na rodoviária de Victoria ou ruas vizinhas.

Facilidades

Há até um pequeno shopping center dentro da estação chamado Victoria Place. Contendo muitas opções para alimentação, a estação por isso se tornou não apenas um local de embarque e desembarque, mas sim um ponto de entretenimento, cultura e lazer.

Você pode encontrar redes dentro do Victoria Place como: Burger King, Upper Crust, Krispy Kreme, KFC e McDonald’s entre elas. Todas as principais cadeias de cafeterias também estão por lá, assim como vários pubs e bares, incluindo o pub Weatherspoon.

Os supermercados de conveniência disponíveis incluem o Marks and Spencers Simply Food e o Sainsbury’s. As farmácias Boots e Superdrug são lojas úteis para passageiros e viajantes.

Há também restaurantes e bares dentro do Grosvenor Hotel, que tem uma entrada dentro da estação.

A bilheteira da Estação Ferroviária fica aberta 24 horas para bilhetes para viagens no mesmo dia. Ingressos antecipados ficam disponíveis para compra das 7h às 21h.

Caixas eletrônicos podem ser encontrados espalhados pela estação. Há também um quiosque de câmbio mas que não fica aberto por 24 horas.

Há também carrinhos de bagagem que você precisará de uma moeda reembolsável de £ 1 para desbloquear.

Há banheiros públicos com fraldários gratuitos. Não há chuveiros.

Curiosidades Culturais

Para os que acreditam que a vida cotidiana pode imitar a arte, há muitos motivos pra se inspirar e se sentir dentro de uma estória literária, peça teatral, livro ou filme.

A estação Victoria é mencionada em The Importance of Being Earnest, de Oscar Wilde, como o local onde Jack Worthing foi encontrado por Thomas Cardew. Ao descrever isso para Lady Bracknell, Jack esclarece que foi nomeado porque Cardew tinha uma passagem para Worthing, e esclarece isso como “a linha Brighton” (ou seja, a estação LB&SCR, em oposição à LC&DR).

A estação é mencionada no conto de Sherlock Holmes “The Final Problem”, quando o Dr. Watson pega um trem Continental Express de Victoria para evitar Moriarty e seus capangas.

O curta-metragem de Harold Pinter Victoria Station tem a estação como o destino pretendido que o motorista nunca alcança.

Deixe uma resposta

Por favor digite seu comentário!
Preencha seu nome aqui